VOLTAR ESEC
Logotipo IPC
    

 
  Terça-Feira • 17 de Outubro de 2017 
 

Lista de Assuntos

LINCE  

A LINCE - Linguagem dos Termos de Indexação para as Ciências da Educação - no âmbito do Projecto Nacional CLIP para a área das Ciências da Educação resultou de um trabalho de cooperação nos anos de 1992 a 1998 entre Ana Bela Dias da Universidade de Aveiro (função de coordenação), Margarida Paiva Oliveira pela Escola Superior de Educação de Coimbra, Ângela Gama pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra e Maria Rosa Costa pela Direcção Regional da Educação do Centro. Outras instituições, nomeadamente algumas escolas superiores de educação, também colaboraram naquele projecto.

Os termos que constituem esta lista de assuntos são, numa expressiva maioria, os da listagem alfabética LINCE. Fazem contudo também parte desta lista muitos outros termos entretanto surgidos e acrescentados após o ano de 1998.

Apenas os descritores provenientes da LINCE possuem hierarquizações e abreviaturas cuja sigla se transcreve:
NE : Nota explicativa que clarifica o âmbito de utilização do termo
UP: Usado por. O termo precedido por este sigla corresponde a um termo não seleccionado
USE: Remissiva do termo não usado para o termo seleccionado
TG: Termo genérico em relação ao descritor
TE: Termo específico em relação ao descritor
TA: Termo associado. Estabelece relações entre o descritor e esses  termos

Lista de Assuntos
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Letra A


 Abordagem biográfica USE: MÉTODO BIOGRÁFICO

A CANTORA CARECA

A CRIATURA MODERNA

A EMINENTE ACTRIZ

A LIÇÃO

A SELVA

ABACOS

ABANDONO

ABANDONO DOS ESTUDOS
NE: Para os casos em que os alunos deixaram a escola antes de completarem os estudos.
UP: Abandono Escolar
TA: EFECTIVOS ESCOLARES
      FREQUÊNCIA
      INSUCESSO ESCOLAR
      TAXA DE ABANDONO

Abandono escolar     USE:  ABANDONO DOS ESTUDOS

ABC ARMCHAIR THEATER

ABDOMEN

ABOBADAS

Abordagem audiolingual     USE: METODO AUDIO-ORAL

Abordagem comunicativa (Línguas)     USE: MÉTODO COMUNICATIVO (línguas)

ABORDAGEM DE APRENDIZAGEM

Abordagem interactiva (línguas)     USE: MÉTODO INTERACTIVO (línguas)

Abordagem interdisciplinar     USE: INTERDISCIPLINARIDADE

Abordagem sequencial     USE: MÉTODO SEQUENCIAL

ABORDAGEM SISTÉMICA
NE: Para qualquer estudo feito à luz da teoria dos sistemas.

ABORTO

ABREU, CAIO FERNANDO

ABREU, LUIS ALBERTO DE

ABRUNHEIRO, JOSE DANIEL

ABSENTISMO

ABSOLUTISMO

Abstração     USE: RACIOCINIO ABSTRATO

ABSURDO

ABUSO SEXUAL
TG: DELITOS SEXUAIS
TE: INCESTO
TA: ASSÉDIO SEXUAL
      DESVIOS SEXUAIS

ACABADO, ANTONIO JANEIRO

ACADEMIS DE MÚSICA DE SANTA CECÍLIA

ACAROS

ACASO
TA: INCERTEZA

ACCAO JOVEM PARA A PAZ

ACÇÃO POLÍTICA

ACÇÃO SOCIAL

ACÇÃO TEATRAL

ACCESS 2 FOR WINDOWS

ACCESS 2000

ACCESS 2003

Acções de formação     USE: CURSOS DE FORMAÇÃO

ACEITAÇÃO SOCIAL

ACERT HISTÓRIA

ACESSIBILIDADE

ACESSO A EDUCAÇÃO
TG: OPORTUNIDADES DE EDUCAÇÃO
TA: ACESSO AO ENSINO SUPERIOR
      EDUCAÇÃO ALTERNATIVA
      EFECTIVOS ESCOLARES
      ENSINO A DISTÂNCIA
      ENTRADA NA ESCOLA
      ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA
      ESCOLARIZAÇÃO
      PROCURA DE EDUCAÇÃO

ACESSO A INFORMACAO

ACESSO AO EMPREGO

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR
TA: ACESSO A EDUCAÇÃO
      EXAMES DE ADMISSÃO

Acesso em Linha USE: PESQUISA EM LINHA

ACESSO LIVRE
UP: Livre Acesso

ACIDENTES

ACIDENTES DE TRABALHO

ACIDENTES DE VIAÇÃO

ACIDENTES VASCULARES CEREBRAIS

ACOLHIMENTO

ACOLHIMENTO DE CRIANÇAS
Vt. PROTECÇÃO DA INFÂNCIA
TA: SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO DE CRIANÇAS

ACONSELHAMENTO
NE: Termo muito genérico que se refere a um processo de auxílio em que se dá conselhos e informação a indivíduos ou grupos de forma a superar os seus problemas.
UP: Conselhos de orientação
TE: ACONSELHAMENTO EDUCACIONAL
      ACONSELHAMENTO MATRIMONIAL
      ORIENTAÇÃO DE ADULTOS
TA: CONSELHEIROS DE ORIENTAÇÃO
      ORIENTAÇÃO PSICOTERAPEUTICA

Aconselhamento, Psicologia USE: PSICOLOGIA DE ORIENTAÇÃO

ACONSELHAMENTO EM GRUPO
UP: Conselhos ao grupo

Aconselhamento escolar     USE: ORIENTAÇÃO ESCOLAR

Aconselhamento familiar     USE: TERAPIA FAMILIAR 

ACONSELHAMENTO GENÉTICO
TA: PERTURBAÇÕES GENÉTICAS

Aconselhamento profissioanl     USE: ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL

Aconselhamento vocacional     USE: ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL

ACONTECIMENTOS DE VIDA
TA: HISTÓRIAS DE VIDA

ACONTECIMENTOS PÚBLICOS

Acontecimentos Sociais USE: EVENTOS

Acordo Ortográfico   USE: ACORDOS INTERNACIONAIS + ORTOGRAFIA + LÍNGUA...

ACORDOS INTERNACIONAIS
TA: COOPERAÇÃO INTERNACIONAL
      RELAÇÕES INTERNACIONAIS

ACORES

ACQUART, ANDRE

ACREDITACAO

ACROBACIA

ACTIONSCRIPT

Actividade lúdica     USE: JOGO

ACTIVIDADES AO AR LIVRE
TA: ACTIVIDADES RECREATIVAS

Actividades circum-escolares     USE: ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES

ACTIVIDADES CRIADORAS
TE: EXPRESSÃO CRIADORA
TA: DESENVOLVIMENTO DA CRIATIVIDADE

ACTIVIDADES CULTURAIS

ACTIVIDADES DA AULA
UP: Actividades da classe
      Trabalho da aula
      Trabalho dos alunos
TG: ACTIVIDADES ESCOLARES
TE: EXERCÍCIOS ESCRITOS
      EXERCÍCIOS ORAIS
TA: ACTIVIDADES DE APRENDIZAGEM

Actividades da classe     USE: ACTIVIDADES DA AULA

ACTIVIDADES DE APRENDIZAGEM
NE: Todas as actividades levadas a cabo pelos alunos, com ou sem a ajuda dos professores, na aquisição de conhecimentos e capacidades
TE: ESTUDO
TA: ACTIVIDADES DA AULA
      ACTIVIDADES ESCOLARES
      ESTRATÉGIAS DA APRENDIZAGEM

ACTIVIDADES DE CONTACTO

Actividades de grupo     USE: TRABALHO DE GRUPO

ACTIVIDADES DESPORTIVAS Ver tb.: DESPORTO

ACTIVIDADES DESPORTIVAS ALTERNATIVAS

ACTIVIDADES DOS PAIS

ACTIVIDADES DRAMÁTICAS
UP: Dramatização
TA: JOGOS DRAMÁTICOS

ACTIVIDADES ECONOMICAS

ACTIVIDADES EM CIÊNCIAS
NE: Ensino das ciências utilizando a participação activa dos alunos em actividades e projectos científicos.
TA: CLUBES DE CIÊNCIAS
      EDUCAÇÃO CIENTÍFICA
      ENSINO DAS CIÊNCIAS
      INTERESSE PELAS CIÊNCIAS

ACTIVIDADES EM RECINTO FECHADO

ACTIVIDADES ESCOLARES
UP: Trabalho escolar
TE: ACTIVIDADES DA AULA
      ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES
      PROJECTOS DOS ALUNOS
TA: ACTIVIDADES DE APRENDIZAGEM
      FESTAS ESCOLARES
      PROJECTO EDUCATIVO DE ESCOLA

ACTIVIDADES EXTRA-ESCOLARES
TA: ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES

ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES
UP: Actividades circum-escolares
TG: ACTIVIDADES ESCOLARES
TA: ACTIVIDADES EXTRA-ESCOLARES
      CLUBES ESCOLARES
      FESTAS ESCOLARES
      JORNAIS ESCOLARES
      ORGANIZAÇÕES DE ESTUDANTES
      PROJECTOS DOS ALUNOS
      VIAGENS DE ESTUDO

ACTIVIDADES FÍSICAS
TE: DESPORTO
      EDUCAÇÃO FÍSICA
TA: EXERCÍCIOS FiSICOS

ACTIVIDADES INDIVIDUAIS

ACTIVIDADES INTEGRADAS
TE: CURRICULOS INTEGRADOS
TA: INTERDISCIPLINARIDADE

ACTIVIDADES MUSICAIS

ACTIVIDADES POLÍTICAS

ACTIVIDADES RECREATIVAS
TA: ACTIVIDADES AO AR LIVRE
      INSTALAÇÕES RECREATIVAS
      PATIOS DE RECREIO

Actividades socioculturais    USE: ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL

ACTO UNICO EUROPEU

ACTORES

ACTORES BRASILEIROS

ACTORES DE TEATRO

Actos de comunicação     USE: ACTOS DE FALA

Actos de discurso     USE: ACTOS DE FALA

ACTOS DE FALA
UP: Actos de comunicação
      Actos de discurso
TG: FALA
TA: ANÁLISE DE DISCURSO
      PRAGMÁTICA

ACTUALIZAÇÃO DE PROFESSORES
NE: Toda a formação que se segue à inicial e a completa (formação para fins de promoção, actualização de conhecimentos ou de capacidades, especializações).
UP: Aperfeiçoamento de professores
      Formação complementar de professores
TA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES

ACULTURAÇÃO
NE: Integração de um individuo no seu sistema cultural ou em sistemas culturais diferentes do seu sistema de origem.
UP: Assimilação cultural
      Enculturação
TA: INTEGRAÇÃO SOCIAL
      PLURALISMO CULTURAL

ACUSTICA

ACUSTICA MUSICAL

ADAGIOS

ADAPTABILIDADE (personalidade)
NE: Capacidade que um indivíduo tem de se adaptar, conformar ou de mostrar certa flexibilidade perante mudanças ambientais.
UP: Flexibilidade (personalidade)
TG: TRAÇOS DA PERSONALIDADE
TA: ESTRATÉGIAS DE ADAPTAÇÃO EMOCIONAL

ADAPTAÇÃO
NE: Refere-se aos aspectos de natureza psicológica, social e/ou emocional.
UP: Problemas de adaptação
TE: ADAPTAÇÃO DOS ALUNOS
      ADAPTAÇÃO EMOCIONAL
      ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL
      ADAPTAÇÃO SOCIAL

Adaptação à profissão     USE: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

Adaptação afectiva     USE: ADAPTAÇÃO EMOCIONAL

Adaptação ao emprego     USE: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

Adaptação ao trabalho     USE: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

ADAPTACAO CINEMATOGRAFICA

ADAPTAÇÃO DOS ALUNOS
UP: Adaptação escolar
      Inadaptação escolar
TG: ADAPTAÇÃO
TA: CARACTERÍSTICAS DOS ALUNOS
      ORIENTAÇÃO ESCOLAR

ADAPTAÇÃO EMOCIONAL
UP: Adaptação afectiva
TG: ADAPTAÇÃO
TE: ESTRATÉGIAS DE ADAPTAÇÃO EMOCIONAL
TA: CRISE DE IDENTIDADE
      PERTURBAÇÕES EMOCIONAIS

Adaptação escolar     USE: ADAPTAÇÃO DOS ALUNOS

Adaptação ocupacional     USE: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

ADAPTAÇÃO POSITIVA

ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL
UP: Adaptação à profissão
      Adaptação ao emprego
      Adaptação ao trabalho
      Adaptação ocupacional
      Adaptação vocacional
TG: ADAPTAÇÃO
TA: ATITUDES PERANTE O TRABALHO
      MATURIDADE PROFISSIONAL
      SATISFAÇÃO PROFISSIONAL

ADAPTAÇÃO SOCIAL
TG: ADAPTAÇÃO
TA: ALIENAÇÃO
      DESENVOLVIMENTO SOCIAL
      PROBLEMAS SOCIAIS

Adaptação vocacional     USE: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

ADEGA COOPERATIVA DO REDONDO

ADIBER

ADICAO

ADIVINHAS

ADJECTIVOS
TA: MORFOLOGIA (LÍNGUAS)

ADMINISTRACAO

ADMINISTRAÇÃO CENTRADA NA ESCOLA
NE: Sistema administrativo no qual cada escola toma as suas próprias decisões sobre currículos, orçamentos, pessoal, de acordo com linhas de orientação do corpo directivo.
TG: ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
V.T: AUTONOMIA ESCOLAR

ADMINISTRACAO CENTRAL

ADMINISTRACAO CONSULTIVA

ADMINISTRACAO CULTURAL

Administração da educação     USE: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO

ADMINISTRACAO DA JUSTICA

Administração de Empresas USE: GESTÃO DE EMPRESAS

ADMINISTRAÇÃO DE TESTES
NE: Para especificar, coordenar com os termos que designam o tipo de testes (EX: “Testes Psicológicos”, “Testes Escolares”, etc.
TE: ADMINISTRAÇÃO DE TESTES POR COMPUTADOR
      CONFIANÇA NOS TESTES
      VALIDADE DOS TESTES
TA: ELABORAÇÃO DE TESTES
      INTERPRETAÇÃO DE TESTES
      PRE-TESTES  POS-TESTES
      RESULTADOS DOS TESTES
      SELECÇÃO DE TESTES

ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO
UP: Administração da educação
      Gestão do ensino
TG: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
TE: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR
      ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
TA: ADMINISTRADORES DO ENSINO
      FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO
      PLANEAMENTO DA EDUCAÇÃO
      POLÍTICA EDUCATIVA

ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR
TG: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO
TA: AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA

ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
NE: Planeamento, organização, gestão e controlo dos recursos humanos e materiais das escolas.
UP: Gestão escolar
TG: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO
TE: ADMINISTRAÇÃO CENTRADA NA ESCOLA
TA: AUTONOMIA ESCOLAR
      CONSELHOS DE TURMA
      CONSELHOS DIRECTIVOS
      CONSELHOS PEDAGÓGICOS
      DELEGADOS DE TURMA
      DIRECTORES DE ESTABELECIMENTOS DE ENSINO
      DIRECTORES DE TURMA
      POLÍTICA ESCOLAR
      PROJECTO EDUCATIVO DE ESCOLA
      RELAÇÕES PROFESSOR-ADMINISTRADOR
      RELAÇÕES ESCOLA-GOVERNO

ADMINISTRAÇÃO LOCAL
UP: Poder Local
      Poder Municipal 

ADMINISTRACAO PORTUGUESA

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
TE: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO

ADMINISTRADORES DO ENSINO
TE: DIRECTORES DE ESTABELECIMENTOS DE ENSINO
TA: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO
      ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

ADN USE: DNA

ADOBE ILLUSTRATOR

ADOLESCÊNCIA
NE: Utiliza-se para o período entre os 13 e os 17 anos de idade.
TA: ADOLESCENTES
      CRISE JUVENIL
      DESENVOLVIMENTO DOS ADOLESCENTES 
      PRÉ-ADOLESCENTES

ADOLESCENTES
NE: Indíviduos entre os 13 e os 17 anos de idade
TG: GRUPOS ETÁRIOS
TE: MÃES ADOLESCENTES
TA: ADOLESCÊNCIA
      JOVENS
      JUVENTUDE
      PRÉ-ADOLESCENTES

ADOLFO DOMINGUEZ

ADOPÇÃO  (crianças)
UP Crianças Adoptadas
TA: CRIANÇAS ADOPTADAS
      PAIS ADOPTIVOS
      PROTECÇÃO DA INFÂNCIA

ADORNOS

ADORNO, THEODOR W.

Adultez     USE: IDADE ADULTA

ADULTOS
NE: Indíviduos com idade igual ou superior a 18 anos
TG: GRUPOS ETÁRIOS
TE: JOVENS ADULTOS
      PESSOAS DE MEIA IDADE
      PESSOAS IDOSAS
TA: IDADE ADULTA

ADULTOS SURDOS

ADVÉRBIOS
TA: MORFOLOGIA (LÍNGUAS)

ADVOCACIA

ADXTUR

Aeróbica     Use:  GINÁTICA AERÓBICA

AERONAUTICA

AEROPORTOS

AFASIA
NE: Problema grave no emprego e/ou na compreensão da linguagem, que não resulta de deficiências dos sistemas periféricos sensorial ou motor ou de atraso mental.
UP: Afasia sintática
TG: DEFICIÊNCIAS DA LINGUAGEM
TE: AGRAFIA
      ALEXIA
TA: DISLEXIA
      PERTURBAÇÕES DA FALA
      PERTURBAÇÕES DA PERCEPÇÃO

Afasia sintática     USE: AFASIA

Afectação de recursos     USE:  ATRIBUIÇÃO DE RECURSOS

AFECTIVIDADE
UP: Comportamento afectivo
TA: DESENVOLVIMENTO EMOCIONAL
      OBJECTIVOS AFECTIVOS

Afecto     USE: AFEIÇÃO

AFEIÇÃO
UP: Afecto
TA: AMOR
      INTIMIDADE

AFFONSO, SARAH

AFONIA
NE: perda mais ou menos completa da voz que depende, geralmente, de eventuais lesões da laringe.

AFONSO DE ALBUQUERQUE

AFONSO HENRIQUES, REI DE PORTUGAL

AFONSO IV, REI DE PORTUGAL

AFONSO V, REI DE PORTUGAL

AFONSO, NADIR

AFONSO, SARAH, 1899-1983

AFGANISTÃO

AFORISMOS

AFRICA

África Lusófona USE: PAÌSES AFRICANOS DE EXPRESSÃO PORTUGUESA

AFRICA OCIDENTAL

AFTERNOON OF A NYMPH

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DOS DIREISTOS DA INFÂNCIA

AGENCIA GERAL DO ULTRAMAR

AGENCIAS DE NOTICIAS

AGÊNCIAS DE VIAGENS

AGENCIAS INTERNACIONAIS DE INFORMACAO

AGENCIAS PUBLICITARIAS

AGENDA SOCIAL EUROPEIA

AGOSTINHO, SANTO

Agitação juvenil     USE: MAL-ESTAR DA JUVENTUDE

AGREGACOES

Agressão     USE: AGRESSIVIDADE

AGRESSIVIDADE
NE: Tendência a manifestar agressão.
UP: Agressão
      Comportamento agressivo
TG: COMPORTAMENTO SOCIAL
       TRAÇOS DA PERSONALIDADE
TE: VIOLÊNCIA
TA: PERTURBAÇÕES DO COMPORTAMENTO

AGRICULTURA

AGRICULTURA BIOLÓGICA

AGRICULTURA FAMILIAR

AGRONOMIA

AGROTURISMO
UP: Turismo Agrícola

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS

AGRUPAMENTO VERTICAL DE MARRAZES

AGUA

AGUALUSA, JOSÉ EDUARDO, 1960-

AGUARELAS

AGUARELAS FRANCESAS

AGUAS MINERAIS

AGUAS TERRITORIAIS

AGUIAR, RUI

AIR LUXOR

AJAX

Ajuda  (comportamento social)     USE: SOLIDARIEDADE

Ajuda financeira   USE: AUXÍLIO FINANCEIRO

AJUDA MANUAL

Ajuda multilateral     USE:AUXÍLIO MULTILATERAL

AJUDA TÉCNICA

ALAMOS, TATIANA

ALARCAO, RUI DE

ALARMES

ALBERT, GILBERT

ALBERTY, RICARDO

ALBUQUERQUE, AFONSO DE

ALBUQUERQUE, MOUZINHO DE

ALCADA, ISABEL

ALCIDES, NOGUEIRA

ALCOFORADO, MARIANA

ÁLCOOL

ALCOOLISMO

ALCUNHAS

ALDEIAS DO XISTO

ALEGORIAS
TG: FIGURAS DE DISCURSO
TA: IMAGEM (LITERATURA)

Alegria     USE: FELICIDADE

ALEITAMENTO MATERNO

ALEMANHA

ALEMANHA, República Federal

Alemanha Ocidental USE ALEMANHA, República Federal

ALENTEJO

ALEXIA
NE: Perda patológica da capacidade de ler.
UP: Cegueira verbal
TG: AFASIA
TE: DISLEXIA
TA: DIFICULDADES NA LEITURA

ALFABETIZAÇÃO
NE: Para especificar, coordenar com os termos que indiquem a faixa etária atingida por este processo (Ex: “Adultos”)
UP: Alfabetização de adultos*
      Campanhas de alfabetização
TE: ALFABETIZAÇÃO FUNCIONAL
TA: ANALFABETISMO
      EDUCAÇÃO DE ADULTOS
      ENSINO DA LEITURA

Alfabetização de adultos*     USE: ALFABETIZAÇÃO

ALFABETIZACAO DIGITAL

Alfabetização Funcional  USE: LITERACIA

Alfabetização informática     USE: INICIAÇÃO À INFORMÁTICA

ALFABETO ARABE

ALFABETO DAS RELAÇÕES INTERCONCEPTUAIS

ALFABETO DAS RELAÇÕES UNIVERSAIS

ALFABETOS
TA: LINGUAGEM ESCRITA

ALFANDEGAS

ALFAYA, AN

Algarismos USE NÚMEROS

ALGARVE

ALGAS

ALGEBRA

ALGEBRA LINEAR

ALGODAO

ALGORITMOS

ALGORITMOS GENÉTICOS

ALIANCAS

ALIENAÇÃO
TG: MODELOS PSICOLÓGICOS
TA: ADAPTAÇÃO SOCIAL
      ANOMIA

ALIMENTACAO

ALIMENTAÇÃO ANIMAL 

ALLPORT, GORDON W.

ALMADA

ALMANAQUES

ALMEIDA, ANTONIO DE

ALMEIDA, ANTONIO JOSE DE

ALMEIDA, CARLOTA PIZARRO D

ALMEIDA, CARLA MAIA DE, 1969-

ALMEIDA, FIALHO DE

ALMEIDA, HELENA

ALMEIDA, JOAO DE

ALMEIDA, VIRGINIA DE CASTRO E, 1874-1945

ALMINHAS

Alongamento (Educação Física)     USE: ESTIRAMENTO (Educação Física)           

ALOJAMENTO

Alojamento para estudantes     USE: RESIDÊNCIAS DE ESTUDANTES

Alongamento USE: ESTIRAMENTO (Educação Física)

ALPINISMO

ALQUIMIA

ALTARES

Alterações Climáticas USE: MUDANÇA CLIMÁTICA

Alterações do comportamento     USE:PERTURBAÇÕES DO COMPORTAMENTO

ALTERNATIVA

ALTRUISMO
TG: COMPORTAMENTO PRO-SOCIAL
      TRAÇOS DA PERSONALIDADE
TA: SOLIDARIEDADE

Altura (corpo humano)     USE: ESTATURA

ALTURA DE SOM

ALUNOS
NE: Designa todas as categorias de discentes.
UP: Discentes
      Estudantes
TE: ALUNOS ADULTOS
      ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR
      ALUNOS DO BÁSICO 1º CICLO
      ALUNOS DO BÁSICO 2º CICLO
      ALUNOS DO BÁSICO 3º CICLO
      ALUNOS DO SECUNDÁRIO
      ALUNOS DO SUPERIOR
TA: ENSINO
      FORMANDOS

ALUNOS ADULTOS
TG: ALUNOS
TA: APRENDIZAGEM  NA IDADE ADULTA
      EDUCAÇÃO DE ADULTOS

ALUNOS BRASILEIROS

ALUNOS CARENCIADOS

Alunos da pré-primária     USE: ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR

ALUNOS DE APRENDIZAGEM LENTA
NE: alunos que, por razões de capacidade limitada, ou outras, têm um
atraso de âmbito educativo e que requerem, por isso, educação especial em substituição do ensino normalmente ministrado nas escolas.
TA: DESFAVORECIDOS NO PLANO EDUCATIVO
      DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

ALUNOS DE EDUCACAO FISICA

Alunos de jardins de infância     USE: ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR

ALUNOS DEFICIENTES

Alunos do Básico USE: ALUNOS DO ENSINO BÁSICO

ALUNOS DO ENSINO BASICO
UP: Alunos do Básico
UP: Alunos do primário
TA: CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR
TG: ALUNOS
TA: CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR

ALUNOS DO ENSINO BASICO 1º CICLO
UP: Alunos do preparatório
TG: ALUNOS
TA: CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR
      ENSINO BÁSICO 2º CICLO

ALUNOS DO ENSINO BÁSICO 2º CICLO

ALUNOS DO ENSINO BASICO 3º CICLO
TG: ALUNOS
TA: ENSINO BÁSICO 3º CICLO

ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO
TG: ALUNOS
TA: ENSINO SECUNDÁRIO

ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR
UP:Alunos do Superior
     Alunos universitários
TG: ALUNOS
TA: ENSINO SUPERIOR

ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR
UP: Alunos da pré-primária
      Alunos de jardins de infância
TG: ALUNOS

Alunos do preparatório     USE: ALUNOS DO ENSINO BÁSICO 2º CICLO

Alunos do primário     USE: ALUNOS DO ENSINO BÁSICO 1º CICLO

Alunos do Secundário USE: ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO

Alunos do Superior USE: ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR

ALUNOS ESTRANGEIROS

ALUNOS GRADUADOS

ALUNOS MOÇAMBICANOS

ALUNOS PORTUGUESES

ALUNOS PROFESSORES
TA: FORMAÇÃO DE  PROFESSORES
      MICROENSINO
      SUPERVISÃO DE PROFESSORES

Alunos universitários      USE: ALUNOS DO SUPERIOR

ALVES, MANUEL VALENTE

AMADORISMO
TA: PROFISSIONALISMO

AMAMENTAÇÃO

AMARAL, FRANCISCO

AMARAL, JOAO

AMARANTE

AMATO LUSITANO

AMBIENTE  UP:Meio Ambiente

AMBIENTE (ARTE)

AMBIENTE DA AULA
UP: Ambiente da classe
      Situação na sala de aula
TA: ATITUDES DOS ALUNOS
      ATITUDES DOS PROFESSORES
      COMUNICAÇÃO NA AULA
      DIMENSÃO DAS TURMAS
      DISPOSIÇÃO DAS SALAS DE AULA
      ORGANIZAÇÃO DAS TURMAS
      RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNO
      TÉCNICAS DA AULA

Ambiente da classe     USE: AMBIENTE DA AULA

AMBIENTE DE TRABALHO

AMBIENTE EDUCATIVO
TA: PAPEL DA ESCOLA

AMBIENTE FAMILIAR
TA: PAPEL DA FAMILIA 
      RELAÇÕES FAMILIARES

Ambiente organizacional USE: CLIMA ORGANIZACIONAL 

AMBIENTE SOCIAL

AMBIENTE SUBAQUATICO

AMBIENTE URBANO

AMBIENTES CULTURAIS

AMBIENTES TEMÁTICOS

AMBIENTES VIRTUAIS

AMERICA

AMERICA DO SUL

AMERICA LATINA

AMERICAN CHEMICAL SOCIETY

AMIZADE
TG: COMPORTAMENTO SOCIAL
      RELAÇÕES INTERPESSOAIS
TA: RELAÇÕES ENTRE PARES

AMNISTIA INTERNACIONAL

AMOR
TA: AFEIÇÃO
      COMPORTAMENTO DE VINCULAÇÃO
      INTIMIDADE

AMOR CONJUGAL

AMOR DE PERDICAO

AMOR MATERNAL

AMORIM, AMERICO

AMOSTRAGEM

AMOSTRAS (ESTATISTICAS)

AMSTERDAO

AMPLITUDE VOZ-OLHAR
NE: Durante a leitura oral, é a distância entre a palavra que se pronuncia e a palavra que a vista focaliza.
TA: LEITURA ORAL
      PROCESSOS DA LEITURA

ANADIA

ANAHORY, SARA

ANALFABETISMO
TA: ALFABETIZAÇÃO

ANALFABETISMO FUNCIONAL

ANÁLISE CLASSIFICATÓRIA
UP: Análise de cluster
      Análise de grupo
      Análise grupal

ANALISE COMBINATORIA

ANÁLISE COMPARATIVA
UP: Avaliação comparativa
      Estudos comparativos
TA: ANÁLISE DE TENDÊNCIAS

Análise contextual     USE: ANÁLISE DE CONTEÚDO

ANÁLISE CRÍTICA

ANALISE DA AGUA

ANALISE DA ARTE

ANALISE DE CAPACIDADES

ANALISE DE CINEMA

Análise de Cluster     USE:  ANÁLISE CLASSIFICATÓRIA

ANÁLISE DE COMPETÊNCIAS
TA: ANÁLISE DE TAREFAS
      ANÁLISE DO TRABALHO
      DETECÇÃO DE CAPACIDADES
      GRAU DE DIFICULDADE

ANÁLISE DE CONTEÚDO
NE: Descrição sistemática, objectiva e quantitativa do conteúdo expresso ou latente de comunicações impressas ou não impressas.
UP: Análise contextual

ANALISE DE CUSTOS

ANÁLISE DE CUSTOS-BENEFÍCIOS
UP: Taxa de retorno

ANÁLISE DE DADOS
TE: ANÁLISE DE TENDÊNCIAS
      INTERPRETAÇÃO DE DADOS 
      RECOLHA DE DADOS
TA: QUADROS ESTATÍSTICOS

ANÁLISE DE DISCURSO
TA: ACTOS DE FALA
      DISCURSO
      NARRATIVA
      PRAGMÁTICA

ANALISE DE ERROS

ANÁLISE DE ERROS (LINGUAGEM)
NE: No ensino das línguas, é a técnica de avaliação do progresso e dos métodos empregues, através do registo e classificação dos erros dados pelos alunos. Em linguística é a técnica de observação de erros no processo de discurso, como meio de se compreender os traços fonológicos e semânticos, os processos de interacção e as estratégias do discurso.
TA: ANÁLISE ESTRUTURAL  (LINGUÍSTICA)
      ENSINO DE UMA SEGUNDA LÍNGUA
      INTERFERÊNCIA LINGUÍSTICA
      INTERLINGUAGEM

ANALISE DE ERROS (LINGUAS)

ANALISE DE ERROS DE LEITURA
NE: Técnica de avaliação da leitura pelo exame e interpretação das respostas dos alunos na leitura oral.
UP: Taxonomia dos erros de leitura
TG: DIAGNÓSTICO DA LEITURA
TA: CORRESPONDÊNCIA FONEMA-GRAFEMA
      ENSINO DA LEITURA
      LEITURA ORAL
      PROCESSOS DA LEITURA

Análise de factores     USE: ANÁLISE FACTORIAL

ANALISE DE FILMES

Análise de grupo     USE: ANÁLISE CLASSIFICATÓRIA

ANÁLISE DE IMAGENS

ANALISE DE INQUERITOS

ANALISE DE INVESTIMENTOS

ANALISE DE ITEMS

ANALISE DE JOGO

ANÁLISE DE NECESSIDADES

ANALISE DE PROJECTOS

ANALISE DE REGRESSAO

ANÁLISE DE SISTEMAS
NE: Meio de estudar estruturas, instituições e processos políticos e administrativos derivados da teoria geral dos sistemas.
UP: Análise sistémica
TA: EFICÁCIA DAS ORGANIZAÇÕES

ANALISE DE SISTEMAS DE CONTROLE

ANÁLISE DE SONHOS
UP: Interpretação dos sonhos
TG: PSICANÁLISE
      TÉCNICAS PSICOTERAPÊUTICAS
TA: PARAPSICOLOGIA

ANÁLISE DE TAREFAS
TA: ANÁLISE DE COMPETÊNCIAS
      ANÁLISE DO TRABALHO
      GRAU DE DIFICULDADE

ANÁLISE DE VARIANCIA

Análise de Texto USE ANÁLISE TEXTUAL


TG: ANÁLISE ESTATÍSTICA
TA: HOMOGENEIDADE DE VARIÂNCIA

Análise do comportamento     USE: AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO

ANÁLISE DO TRABALHO
NE: Tipo de análise especificando os deveres, responsabilidades e aspectos técnicos de um dado trabalho.
UP: Análise ocupacional
TA: ANÁLISE DE COMPETÊNCIAS
      ANÁLISE DE TAREFAS

ANALISE DOCUMENTAL

Análise dos Erros de Leitura USE ANÁLISE DE ERROS DE LEITURA

ANALISE ECONOMICA

ANÁLISE ESTATÍSTICA
TE: ANÁLISE DE VARIÂNCIA
      CORRELAÇÃO
      TESTES ESTATÍSTICOS
TA: ANÁLISE DE TENDÊNCIAS

ANÁLISE ESTRUTURAL (Linguística)
TA: ANÁLISE DE ERROS (Linguagem)
      LINGUÍSTICA
      LINGUÍSTICA DESCRITIVA
      LINGUÍSTICA DIACRONICA

ANÁLISE FACTORIAL
UP: Análise de factores
TA: ANÁLISE DE TENDÊNCIAS

ANALISE FINANCEIRA

ANALISE GRAMATICAL

Análise grupal     USE: ANÁLISE CLASSIFICATORIA

ANALISE HISTORICA

ANALISE LINGUISTICA

ANALISE LITERARIA

ANALISE LONGITUDINAL

ANALISE MATEMATICA

ANÁLISE MECÂNICA

ANÁLISE MULTIVARIADA

ANALISE MUSICAL

Análise ocupacional     USE: ANÁLISE DO TRABALHO

ANALISE ORGANIZACIONAL

ANÁLISE QUALITATIVA

ANÁLISE QUANTITATIVA

ANALISE REGIONAL

ANÁLISE RETÓRICA

ANALISE SEMANTICA

ANALISE SINCRONICA

ANALISE SINTACTICA

Análise sistémica     USE: ANÁLISE DE SISTEMAS

ANÁLISE SOCIOLÓGICA

ANALISE TEATRAL

ANALISE TERMICA

ANALISE TEXTUAL
Up:Análise de Texto

ANÁLISE TIPOLÓGICA

ANÁLISE TRANSACCIONAL
NE: Técnica inventada pelo psiquiatra americano Erik Berne nos anos 50 e utilizado em psicoterapia.
TG: PSICOTERAPIA
      TÉCNICAS DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL

ANALISE TRANSCULTURAL

ANALOGIA

ANAMNESE

ANAMORFOSES

ANATOMIA

ANATOMIA PATOLÓGICA

ANCA

ANDEBOL

ANDERSEN, HANS CHRISTIAN

ANDRADE, CARLOS DRUMMOND DE

ANDRADE, EUGENIO DE

ANDRADE, GOMES FREIRE DE

ANDRADE, RUI FREIRE DE

ANDRESEN, SOFIA DE MELO BREYNER, 1919-2004

ANFIBIO

ANGOLA

ANGÚSTIA
NE: Mal-estar psíquico e físico caracterizado por receio, sentimento de insegurança.
V.T: ANSIEDADE

ANGÚSTIA DA SEPARAÇÃO
UP: Ansiedade da separação
TA: COMPORTAMENTO DE VINCULAÇÃO
      FOBIAS ESCOLARES

ANIMACAO

ANIMACAO NOCTURNA

Animação comunitária     USE: ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL

ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL
UP: Actividades socioculturais
      Animação Socioeducativa

Animação Socioeducativa USE: ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL

ANIMAÇÃO TURISTICA

ANIMADORES SOCIOCULTURAIS

ANIMAIS

ANIMAIS DE LABORATORIO

ANIMAIS DOMESTICOS

ANIMAIS INVERTEBRADOS

ANIMAIS PEQUENOS

ANIMAIS PRE-HISTORICOS

ANIMAIS SELVAGENS

ANIMISMO
NE: Tendência para atribuir comportamento antropomórfico a objectos e fenómenos naturais.

ANJO, MARIA ISABEL CESAR

ANO ESCOLAR
UP: Ano lectivo
TG: ORGANIZAÇÃO DO TEMPO ESCOLAR
TA: CALENDÁRIO ESCOLAR

ANO ESCOLAR PROLONGADO

ANO INTERNACIONAL DA FAMILA

Ano lectivo     USE: ANO ESCOLAR

Anomalias da percepção     USE: PERTURBAÇÕES DA PERCEPÇÃO

ANOREXIA MENTAL
NE: Síndroma que se caracteriza por medo excessivo de engordar, significativa perda de peso, recusa de manter o seu peso normal, etc.
UP: Anorexia nervosa
TG: PERTURBAÇÕES DO APETITE
TA: DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
      PERTURBAÇÕES  EMOCIONAIS

Anorexia nervosa     USE: ANOREXIA MENTAL

ANOREXIZANTES

ANSIEDADE
UP: Apreensão (psicologia)
TG: MODELOS PSICOLÓGICOS
TA: FOBIAS
      MEDO
      PANICO
      PERTURBAÇÕES EMOCIONAIS
V.T: ANGÚSTIA

Ansiedade da separação     USE: ANGÚSTIA DA SEPARAÇÃO

ANSIEDADE DOS EXAMES
UP: Ansiedade perante os exames
      Ansiedade perante os testes

Ansiedade perante os exames     USE: ANSIEDADE DOS EXAMES

Ansiedade perante os testes     USE: ANSIEDADE DOS EXAMES

ANTECIPACAO ESCOLAR

ANTI-HERÓI

ANTICORPOS

ANTIGO REGIME

ANTIGUIDADE

ANTIGUIDADE CLASSICA

ANTIGUIDADE ORIENTAL

ANTOLOGIAS

ANTROPOANALISE

ANTROPOLOGIA

Antropologia biológica     USE: ANTROPOLOGIA FÍSICA

ANTROPOLOGIA CULTURAL

ANTROPOLOGIA CULTURAL E SOCIAL

ANTROPOLOGIA DA ARTE

ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO
NE: Aplicação dos conceitos e métodos antropológicos ao estudo das instituições e processos educativos.
TG: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
TA: EDUCAÇÃO COMPARADA
      HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO
      PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO
      SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
      TEORIAS DA EDUCAÇÃO

ANTROPOLOGIA DO DESPORTO

ANTROPOLOGIA ESTRUTURAL

ANTROPOLOGIA FILOSOFICA

ANTROPOLOGIA FÍSICA

ANTROPOLOGIA POLITICA

ANTROPOLOGIA SOCIAL

ANTROPOMETRIA

ANTROPONIMIA

ANTUNES, ANTONIO LOBO, 1942-

ANUARIOS

ANUNCIACAO, TOMAS JOSE DA

ANUSZKIEWICZ, RICHARD

APA

APARELHO CIRCULATORIO

APARELHO DIGESTIVO

APARELHO ENDOCRINO

APARELHO LINFATICO

APARELHO LOCOMOTOR

APARELHO REPRODUTOR

APARELHO RESPIRATORIO

APARELHO URINARIO

APARENCIA INDIVIDUAL

APCER

APERFEICOAMENTO DA ESCRITA
TA: COMPETÊNCIAS DA ESCRITA
      COMPOSIÇÃO ESCRITA
      ENSINO DA ESCRITA

APERFEIÇOAMENTO DA LEITURA
TA: COMPETÊNCIAS DA LEITURA
      ESTRATÉGIAS DA LEITURA

Aperfeiçoamento de professores     USE: ACTUALIZAÇÃO DE PROFESSORES

Apetência     USE: APTIDÃO

APLICACOES DOS COMPUTADORES

APLICACOES MULTIMEDIA

Apoio USE AUXÍLIO....

APOLOGETICA

APOSENTAÇÃO
UP: Reforma        

APOSENTADOS
UP: Reformados

APPEL, KAREN

APPLE

APRASIA

Apreciação pedagógica     USE: DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO

Apreensão  (psicologia)     USE: ANSIEDADE

Aprender a estudar*     USE: ESTRATÉGIAS DA APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
NE: Processo de aquisição de conhecimentos, atitudes ou competências através do estudo, ensino e/ou experiência. Utilizar, de preferência, um termo mais específico.
UP: Aquisição de conhecimentos
      Características da aprendizagem
TA: COMPETÊNCIAS DE RACIOCÍNIO
      CONSTRUTIVISMO (Aprendizagem)
      EFEITO DE POSIÇÃO SERIAL
      EFEITO DE PRIMAZIA
      EFEITO DE RECENCIA
      NÍVEL DE CONHECIMENTOS
      ORGANIZADORES ANTECIPADOS
      PROCESSOS COGNITIVOS

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA
UP: Educação Ao longo da Vida

APRENDIZAGEM AUTODIRIGIDA

Aprendizagem baseada na resolução de problemas     USE: APRENDIZAGEM PELA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

APRENDIZAGEM COGNITIVA

APRENDIZAGEM COOPERATIVA
UP: Aprendizagem em Cooperação
UP: Ensino Mútuo
NE: Situação de aprendizagem na qual os alunos trabalham juntos em pequenos grupos e a avaliação é baseada no desempenho do seu grupo.
TA: MÉTODO COOPERATIVO
      TRABALHO DE GRUPO

APRENDIZAGEM DA ESCRITA

APRENDIZAGEM DA LEITURA

APRENDIZAGEM DE UMA SEGUNDA LINGUA

Aprendizagem em Cooperação USE APRENDIZAGEM COOPERATIVA

Aprendizagem exploratória     USE: APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA

Aprendizagem instrumental     USE: CONDICIONAMENTO OPERANTE

APRENDIZAGEM NA IDADE ADULTA
TA: ALUNOS ADULTOS
      EDUCAÇÃO DE ADULTOS
      EDUCAÇÃO PERMANENTE

Aprendizagem para a mestria     USE: PEDAGOGIA DO DOMÍNIO

APRENDIZAGEM PELA ACÇÃO
NE: Aquisição de conhecimentos e competências através do trabalho, do jogo e de outras experiências de vida.
UP: Ensino baseado na experiência
TA: APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA
      APRENDIZAGEM PELA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS
      PROJECTOS DOS ALUNOS
      TRABALHOS PRÁTICOS

APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA
NE: Aprendizagem em que o objecto de estudo não deverá ser dado à partida, mas terá de ser descoberto pelo aluno.
UP: Aprendizagem exploratória
TA: APRENDIZAGEM PELA ACÇÃO
      APRENDIZAGEM POR OBSERVAÇÃO
      APRENDIZAGEM PELA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS
      AUTODIDÁCTICA
      MÉTODO MONTESSORI


APRENDIZAGEM PELA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS
UP: Aprendizagem baseada na resolução de problemas
TA: APRENDIZAGEM PELA ACÇÃO
      APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA
      MÉTODOS ACTIVOS

APRENDIZAGEM PELOS SENTIDOS
NE: Aprendizagem que envolve o processamento dos estímulos através de dois ou mais sentidos (Ex: através do ouvido e da vista).
TA: APRENDIZAGEM SENSORIMOTORA
      APRENDIZAGEM VERBAL
      APRENDIZAGEM VISUAL
      EDUCAÇÃO PELOS SENTIDOS
      MODALIDADES DE APRENDIZAGEM

Aprendizagem perceptivo-motora     USE: APRENDIZAGEM SENSORIMOTORA

APRENDIZAGEM POR ASSOCIAÇÃO
NE: Aprendizagem que ocorre pelo estabelecimento de relações funcionais entre estímulos / respostas novos e os anteriormente conhecidos.
UP: Associação de palavras (leitura)
TA: APRENDIZAGEM VISUAL
      ASSOCIAÇÃO (Psicologia)
      RECONHECIMENTO DE PALAVRAS

APRENDIZAGEM POR DISCRIMINAÇÃO
NE: Aprender a detectar e responder a estímulos diferentes.
TA: FORMAÇÃO DE CONCEITOS
      GENERALIZAÇÃO (Aprendizagem)
      PERCEPÇÃO

Aprendizagem por imitação     USE: APRENDIZAGEM POR OBSERVAÇÃO

Aprendizagem por módulos     USE: MÓDULOS DE APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM POR OBSERVAÇÃO
NE: Aprendizagem que resulta da observação de um modelo e/ou de um fenómeno.
UP: Aprendizagem por imitação
TA: APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA
      MODELAÇÃO (Psicologia)

APRENDIZAGEM PRECOCE
UP: Aprendizagem Pré-Escolar
TA: ESTÁDIOS DE APRENDIZAGEM

Aprendizagem pré-Escolar USE: APRENDIZAGEM PRECOCE

Aprendizagem programada     USE:  ENSINO PROGRAMADO

Aprendizagem Psicomotora USE APRENDIZAGEM SENSORIMOTORA

APRENDIZAGEM SENSORIMOTORA
NE: Aprendizagem que envolve o processamento perceptivo de estímulos não verbais.
UP: Aprendizagem perceptivo-motora
      Aprendizagem Psicomotora
TA: APRENDIZAGEM  PELOS SENTIDOS
      CAPACIDADE PSICOMOTORA
      DESENVOLVIMENTO MOTOR
      DESENVOLVIMENTO PERCEPTIVO
      EDUCAÇÃO PELO MOVIMENTO
      EDUCAÇÃO PELOS SENTIDOS
      MODALIDADES DE APRENDIZAGEM
      PERCEPÇÃO CINESTÉSICA

Aprendizagem social     USE: SOCIALIZAÇÃO

APRENDIZAGEM VERBAL
NE: Aprendizagem que envolve o uso da língua e que vai desde a simples aprendizagem de associar duas sílabas sem sentido até aprender a resolver problemas complexos apresentados em termos verbais.
UP: Condicionamento verbal
TA: APRENDIZAGEM PELOS SENTIDOS
      DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM
      MODALIDADES DE APRENDIZAGEM
      ORGANIZADORES ANTECIPADOS

APRENDIZAGEM VISUAL
NE: Aprendizagem que envolve o processamento de estímulos visuais.
TA: APRENDIZAGEM PELOS SENTIDOS
      APRENDIZAGEM POR ASSOCIAÇÃO
      MODALIDADES DE APRENDIZAGEM
      PERCEPÇÃO VISUAL

Aproveitamento escolar     USE: RENDIMENTO DOS ALUNOS

APTIDÃO
NE: Capacidade potencial de um individuo para realizar tarefas ou actos ainda não aprendidos.
UP: Apetência
      Performance
TA: TALENTO

APTIDÃO FÍSICA
UP. Capacidade física
      Condição física
TA: CAPACIDADE DE RESISTÊNCIA

APTIDÃO LINGUÍSTICA
UP: Aptidão para línguas
TA: PROFICIÊNCIA EM LÍNGUAS

APTIDAO LITERARIA

Aptidão mental     USE: CAPACIDADE COGNITIVA

Aptidão Musical USE : APTIDAO PARA A  MÚSICA

APTIDÃO PARA A LEITURA
TE: COMPETÊNCIAS DA LEITURA
TA: DIFICULDADES NA LEITURA
      MATURIDADE PARA A LEITURA

APTIDAO PARA A  MÚSICA
UP: Aptidão Musical

Aptidão para línguas     USE:  APTIDÃO LINGUÍSTICA

APTIDÃO PARA O TEATRO

APTIDÃO PARA OS ESTUDOS
TE: COMPETÊNCIAS DE ESTUDO
TA: CARACTERÍSTICAS DOS ALUNOS

APTIDÃO PROFISSIONAL
UP: Vocação

AQUECIMENTO ( Desporto)

AQUICULTURA

Aquisição da linguagem     USE: DESNVOLVIMENTO DA LINGUAGEM

Aquisição de conhecimentos     USE: APRENDIZAGEM

AR

ARAGAO, ISABEL, RAINHA DE PORTUGAL

ARAGON, LOUIS

ARANDA, MATEUS DE

ARAUJO, ALCIONE

ARAUJO, MATILDE ROSA, 1921-2010

ARBITRAGEM

ÁRBITROS

ARBUSTOS

ARCAISMOS

ARCIL
UP: Associação de Recuperação de Crianças Inadaptadas da Lousã

ARCO

AREA (MATEMATICA)

ÁREA-ESCOLA
NE: “Espaço educativo que tem por objectivo concretizar saberes através da realização de actividades e projectos multidisciplinares e estabelecer a articulação entre a escola e o meio e a formação pessoal e social dos alunos” – GETAP
TA: ESCOLA CULTURAL

AREAL, ANTONIO

AREAS PROTEGIDAS
Up. Espaços Protegidos

ARENDT, HANNAH

ARGANIL

ARGUIBEL DE ROSAS, ENCARNACIÓN EZCURRA, 1795-1838

ARGUMENTAÇÃO

ARISTOCRACIA

ARISTOTELES

ARITMETICA

ARMAS

ARMAS QUIMICAS E BIOLOGICAS

ARMAS, MARIA ANGELES DE

ARMAZENAMENTO

ARMAZENAMENTO DE CEREAIS

ARMS

ARP, JEAN

ARQUEOLOGIA

ARQUEOLOGIA INDUSTRIAL

ARQUEOLOGIA PORTUGUESA

ARQUEOLOGIA PRE-HISTORICA

ARQUEOLOGIA SUBAQUATICA

ARQUETIPOS

ARQUITECTOS

ARQUITECTOS PORTUGUESES

ARQUITECTURA

ARQUITECTURA BARROCA

ARQUITECTURA CISTERCIENSE

ARQUITECTURA COLONIAL

ARQUITECTURA CONTEMPORÂNEA

ARQUITECTURA DE BIBLIOTECAS

ARQUITECTURA DE REDES

ARQUITECTURA DO FERRO

ARQUITECTURA DOMESTICA

ARQUITECTURA ESCOLAR
UP: Concepção de instalações escolares

ARQUITECTURA FUNERARIA

ARQUITECTURA MILITAR

ARQUITECTURA MODERNA

ARQUITECTURA PAISAGISTICA

ARQUITECTURA POMBALINA

ARQUITECTURA POPULAR

ARQUITECTURA PORTUGUESA

ARQUITECTURA RELIGIOSA

ARQUITECTURA RENASCENTISTA

ARQUITECTURA TRADICIONAL

ARQUITECTURA URBANA

ARQUIVO COIMBRÃO

ARQUIVO DISTRITAL DE AVEIRO

ARQUIVOS

ARQUIVOS ADMINISTRATIVOS

ARROZ

ARTAUD, ANTONIN

ARTE

ARTE ABSTRACTA

ARTE AFRICANA

ARTE ALEMA

ARTE AMERICANA

ARTE ANTIGA

ARTE AUSTRIACA

ARTE BELGA

ARTE BRASILEIRA

ARTE CISTERCIENSE

ARTE CLASSICA

ARTE CONCEPTUAL

ARTE CONTEMPORANEA

ARTE CONTEMPORANEA BRASILEIRA

ARTE CONTEMPORANEA INGLESA

ARTE CONTEMPORANEA ISRAELITA

ARTE CONTEMPORANEA POLACA

ARTE CONTEMPORANEA PORTUGUESA

ARTE CORPORAL

ARTE DA PAISAGEM

Arte das crianças     USE: ARTE INFANTIL

ARTE DECO

ARTE DIGITAL

ARTE DRAMATICA

ARTE E CIENCIA

ARTE EFEMERA

ARTE EGIPCIA

ARTE ESPANHOLA

ARTE EUROPEIA

ARTE FIGURATIVA

ARTE FLAMENGA

ARTE FRANCESA

ARTE GALEGA

ARTE GOTICA

ARTE INDIANA

ARTE INFANTIL
NE: O processo e/ou resultado da produção artística das crianças.
UP: Arte das crianças
TE: DESENHO INFANTIL

ARTE ISLAMICA

ARTE ISRAELITA

ARTE ITALIANA

ARTE JUGOSLAVA

ARTE JUVENIL

ARTE MEDIEVAL

ARTE MODERNA

ARTE MOVEL

ARTE NOVA

ARTE ORIENTAL

ARTE PERSA

ARTE POPULAR

ARTE PORTUGUESA

ARTE POS-MODERNA

ARTE PRE-COLOMBIANA

ARTE PRE-HISTORICA

ARTE PRIMITIVA

ARTE PRIVADA

ARTE PUBLICA

ARTE RENASCENTISTA

ARTE ROMANICA

ARTE SACRA

Arteterapia USE TERAPIA PELA ARTE

ARTES DECORATIVAS

ARTES DO ESPECTACULO

ARTES E OFÍCIOS
UP: Trabalhos oficinais

Artes Gráficas USE: DESIGN GRÁFICO

ARTES LIBERAIS
NE: Inclui as áreas curriculares de ciências humanas, ciências, etc.

Artes marciais     USE:         DESPORTO DE COMBATE

Artes Performativas USE: ARTES DO ESPECTÁCULO

ARTES PLASTICAS

ARTES PLASTICAS BELGAS

ARTES PLASTICAS PORTUGUESAS

ARTES PRÁTICAS
NE: Disciplinas curriculares do tipo funcional que empregam um método de aprendizagem baseado no desempenho e está geralmente associado com as áreas do ensino comercial, economia doméstica, artes industriais, saúde e recreio – dá relevo à preparação para a vida prática.

ARTES VISUAIS

ARTESANATO

ARTESANATO EM MADEIRA

ARTICULACAO VOCAL

ARTICULACOES (Ossos)

Artigos (Gramática)     USE: DETERMINANTES (Línguas)

ARTIGOS DE PUBLICACOES PERIODICAS

ARTISTAS

ARTISTAS PORTUENSES

ÁRVORES

AS NAUS

ASBESTO

Asfixia     USE: ANOXIA

ASIA

ASMA

ASOCIACION CULTURAL LA KALLE

Aspectos   USE: FACTORES

Aspirações académicas     USE: ASPIRAÇÕES EDUCATIVAS

Aspirações de eficácia     USE: AUTO-EFICÁCIA

ASPIRAÇÕES EDUCATIVAS
NE: Desejo de alcançar um nível determinado de estudos.
UP: Aspirações académicas
TA: MOTIVAÇÃO DOS ALUNOS
      MOTIVAÇÃO DOS PROFESSORES
      MOTIVAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM

ASPIRAÇÕES PROFISSIONAIS
NE: Desejos e/ou expectativas de realização pessoal ao nível profissional.
UP: Aspirações vocacionais
TA: ESCOLHA DA PROFISSÃO
       INTERESSES PROFISSIONAIS
       MATURIDADE PROFISSIONAL

Aspirações vocacionais     USE: ASPIRAÇÕES PROFISSIONAIS

ASPIRINA PERINATAL

ASSAFARGE

ASSALARIADOS

ASSÉDIO SEXUAL
TA: ABUSO SEXUAL
      DELITOS SEXUAIS

ASSEMBLEIA CONSTITUINTE

ASSERTIVIDADE

ASSESSORES DE IMPRENSA

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Assiduidade     USE: FREQUÊNCIA

Assimetrias regionais     USE: DISPARIDADES INTER-REGIONAIS

Assimilação cultural     USE: ACULTURAÇÃO

ASSISTENCIA

ASSISTENCIA A CRIANCA

ASSISTÊNCIA A DEFICIENTES

Assistência aos Idosos USE ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS IDOSAS

ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS IDOSAS UP: Assistência aos Idosos

ASSISTENCIA MEDICA INTERNACIONAL

ASSISTÊNCIA SOCIAL

ASSISTENCIA TECNICA
TA:MISSÃO DE PERITOS EM EDUCAÇÃO

Assistentes Sociais USE: TÉCNICAS DE SERVIÇO SOCIAL

ASSOCIAÇÃO (Psicologia)
NE: Processo de estabelecimento de relações funcionais entre estímulos / respostas novos e outros anteriormente conhecidos, de forma que a presença de um deles leva à evocação de outro ou de outros.
UP: Associação de ideias
      Evocação (Psicologia)
      Recordação (Psicologia)
TG: PROCESSOS COGNITIVOS
      RECONSTRUÇÃO (Aprendizagem)
TA: APRENDIZAGEM POR ASSOCIAÇÃO
      GENERALIZAÇÃO (Aprendizagem)
       MNEMOTECNIA
       ORGANIZADORES ANTECIPADOS
      PROCESSO DE APRENDIZAGEM

ASSOCIACAO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE COIMBRA

ASSOCIACAO CRISTA DE MOCOS DE S. PAULO

ASSOCIACAO DA EDUCACAO PLURIDIMENSIONAL DA ESCOLA CULTURAL

ASSOCIACAO DE DESENVOLVIMENTO DE INICIATIVAS CULTURAIS, SOCIAIS E ECONOMICAS DE SANTA COMBA DAO

ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO E MELHORAMENTO ESTRELA

ASSOCIACAO DE ESTUDANTES DO INSTITUTO POLITECNICO DE COIMBRA

Associação de ideias     USE: ASSOCIAÇÃO (Psicologia)

ASSOCIACAO DE JORNALISTAS E HOMENS DE LETRAS DO PORTO

Associação de palavras (Leitura)     USE: APRENDIZAGEM POR ASSOCIAÇÃO

Associação de Recuperação de Crianças Inadaptadas da Lousã USE: ARCIL 

ASSOCIACAO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCACAO DE INFANCIA

ASSOCIACAO DOS PRODUTORES DA MACA DE ALCOBACA

ASSOCIACAO FERNAO MENDES PINTO

ASSOCIACAO IN LOCO

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE INTERVENÇÃO PRECOCE

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PROFESSORES

ASSOCIACAO PARA O PLANEAMENTO DA FAMILIA

ASSOCIACAO PORTUGUESA DE DOENTES NEUROMUSCULARES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO MUSICAL

ASSOCIACAO PORTUGUESA DE PAIS E AMIGOS DO CIDADAO DEFICIENTE MENTAL DE BRAGA

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA MULHERES E DESPORTO

ASSOCIACOES

Associações académicas     USE: ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES

Associações culturais     USE: ORGANIZAÇÕES CULTURAIS

ASSOCIACOES DE DESENVOLVIMENTO

ASSOCIAÇÕES DE DESENVOLVIMENTO LOCAL

ASSOCIACOES DE ESCOLAS

ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES
NE: Organizações planeadas para a vida comunitária dos estudantes.
UP: Associações académicas
TG: ORGANIZAÇÕES DE ESTUDANTES

ASSOCIAÇÕES DE PAIS
TA: PARTICIPAÇÃO DOS PAIS

ASSOCIAÇÕES DE PROFESSORES
TA: PROFISSÃO DOCENTE

ASSOCIAÇÕES DESPORTIVAS
TA: CLUBES DESPORTIVOS

ASSOCIACOES PROFISSIONAIS

ASSOCIAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS (EUROVOC - Sing.)

ASSOCIACOES VOLUNTARIAS

ASSOCIATIVISMO

ASTROFISICA

ASTROLABIOS

ASTROLOGIA

ASTRONOMIA

ATAQUES (DESPORTO)

Ateliers de formação     USE:  OFICINAS DE FORMAÇÃO

ATENÇÃO
NE: Consciencialização perceptual ou cognitiva de qualquer aspecto do meio envolvente do indivíduo.
TG: ESTADOS DE CONSCIÊNCIA
      TOMADA DE CONSCIÊNCIA
TE: ATENÇÃO SELECTIVA
TA: CONTROLO DA ATENÇÃO
      DISTRACÇÃO

ATENDIMENTO

ATENDIMENTO PUBLICO

ATITUDES
NE: Termo muito genérico que se refere a uma posição mental ou sentimento perante certas ideias, factos ou pessoas. Usar, de preferência, um termo mais específico.
UP: Opiniões

ATITUDES CIÊNTIFICAS
TA: MÉTODO CIENTIFICO

ATITUDES DA FAMÍLIA

ATITUDES DAS CRIANÇAS
TA: INTERESSES DAS CRIANÇAS

ATITUDES DAS MÃES
TG: ATITUDES DOS PAIS
TA: RELAÇÕES MÃES-FILHOS

Atitude do corpo     USE: POSTURA HUMANA

ATITUDES DOS ADOLESCENTES

ATITUDES DOS ADULTOS

ATITUDES DOS ALUNOS
UP: Opinião dos Alunos
TA: AMBIENTE DA AULA
      AVALIAÇÃO DE PROFESSORES PELOS ALUNOS 
      CARACTERÍSTICAS DOS ALUNOS           
      COMPORTAMENTO DOS ALUNOS
      MOTIVAÇÃO DOS ALUNOS
       PAPEL DOS ALUNOS

ATITUDES DOS PAIS
NE: Atitudes do pai e da mãe
TE: ATITUDES DAS MÃES
TA: AUTORIDADE DOS PAIS
      PAPEL DOS PAIS 
      RELAÇÕES MÃES-FILHOS
      RELAÇÕES PAIS-FILHOS

ATITUDES DOS PROFESSORES
UP: Opinião dos professores
       Reacções dos professores
TA: AMBIENTE DA AULA
      CARACTERÍSTICAS DOS PROFESSORES
      COMPORTAMENTO DOS PROFESSORES

ATITUDES DOS PSICOTERAPEUTAS

ATITUDES E COMPORTAMENTO

ATITUDES EDUCATIVAS
NE: Atitudes (opiniões) acerca da ou para com a educação.

Atitudes para com USE: ATITUDES PERANTE...

ATITUDES PERANTE A DOENÇA
NE: Comportamento de adaptação ou não adaptação manifestado por um individuo, durante uma doença ou disfunção.
UP: Comportamento na doença

ATITUDES PERANTE A ESCOLA
NE: Opiniões e ideias sobre a escola
TA: RELAÇÕES ESCOLA-ALUNO

ATITUDES PERANTE A MORTE

ATITUDES PERANTE O DESPORTO

ATITUDES PERANTE O TRABALHO
TE:SATISFAÇÃO PROFISSIONAL
TA: ADAPTAÇÃO PROFISSIONAL

ATITUDES PERANTE OS COMPUTADORES

ATITUDES PERANTE OS DEFICIENTES

 ATITUDES POLITICAS
TA: ATITUDES SOCIAIS
      OPINIÃO PÚBLICA

ATITUDES SEXUAIS

ATITUDES SOCIAIS
UP:Reacções inter-grupos
NE: Atitudes (opiniões) de indivíduos ou de grupos no que se refere a objectos ou fenómenos sociais tais como pessoas, raças, instituições ou características.
TA: ATITUDES POLITICAS
      IDEOLOGIAS
      OPINIÃO PÚBLICA
      PROBLEMAS SOCIAIS

ATKINS

ATLANTICO

ATLAS

ATLETAS
UP: Desportistas
TA: PARTICIPAÇÃO DESPORTIVA

ATLETAS BRASILEIROS

ATLETAS DE VOLEIBOL

ATLETAS DIABETICOS

ATLETAS PORTUGUESES

ATLETISMO
TA: CORRIDA

ATMOSFERA

ATOMISMO

ATOMO

ATRACÇÃO INTERPESSOAL
TG: COMPORTAMENTO SOCIAL
       RELAÇÕES INTERPESSOAIS
TA: ATRACÇÃO FÍSICA
       ESCOLHA DO COMPANHEIRO

Atracção sexual     USE: ATRACÇÃO FÍSICA

ATRACÕES TURÍSTICAS

ATRASO MENTAL
UP: Debilidade mental
      Deficiências mentais
TA: SINDROMA DE DOWN

Atribuição causal     USE: TEORIA DA ATRIBUIÇÃO

ATRIBUIÇÃO DE RECURSOS
NE: Distribuição, atribuição de dinheiro, material, pessoal e/ou serviços para um determinado fim.
UP: Afectação de recursos

ATRIBUTOS DE COMPRA

AUDICAO (Fisiologia)

AUDICAO MUSICAL

AUDIÊNCIA
UP: Espectadores
      Público
TA: EFEITOS DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSAS

AUDIOVISUAL

AUDITORIA

AUDITORIA DA FORMAÇÃO
NE: Metodologia que aponta para a eficiência e eficácia da formação profissional.
TA: FORMAÇÃO PROFISSIONAL

AULAS PRÁTICAS
TA: AULAS TEÓRICAS
      TRABALHOS PRÁTICOS

AULAS SUPLEMENTARES

AULAS TEÓRICAS
TA: AULAS PRÁTICAS

AULL, ARTHUR FABIAN

AURELIO, ANTONIO

Ausência     USE: FREQUÊNCIA

Ausência da mãe     USE: PRIVAÇÃO DE MÃE

Ausência do pai     USE: PRIVAÇÃO DE PAI

AUSTRALIA

AUSTRIA

AUSUBEL

AUTARQUIAS
UP: Câmaras Municipais

AUTISMO
TA: CRIANÇAS AUTISTAS

AUTO DA CRIACAO DO MUNDO

AUTO DA INDIA

AUTO DE FLORIPES

AUTO DE INES PEREIRA

Auto-análise     USE: AUTO-AVALIAÇÃO

Auto-aprendizagem     USE: AUTODIDÁCTICA

AUTO-AVALIAÇÃO
NE: Investigação do próprio pelo próprio conduzida de uma forma mais ou menos sistemática.
UP: Auto-análise
TG: AVALIAÇÃO
TA: AUTO-ESTIMA

AUTO-AVALIAÇÃO (Grupos)
NE: Avaliação de uma instituição, organização, programa, etc., pelos seus membros ou responsáveis.
TG: AVALIAÇÃO
TA: EFICÁCIA DAS ORGANIZAÇÕES

Auto-educação     USE: AUTODIDÁCTICA

AUTO-EFICÁCIA
NE: Mecanismos baseados em expectativas ou opiniões acerca da capacidade do indivíduo de realizar as acções necessárias a produzir um dado efeito. Poderá ser também uma componente teórica da modificação do comportamento em tratamentos terapêuticos.
UP: Aspirações de eficácia
TA: PERCEPÇÃO DE SI

AUTO-ESTIMA
NE: Julgamentos de valor de um indivíduo sobre si próprio.
UP: Autoconfiança
TG: CONCEITO DE SI
TA: AUTO-AVALIAÇÃO
      PERCEPÇÃO DE SI

AUTO-EXPERIMENTAÇÃO

Auto-instrução     USE: AUTODIDÁCTICA

AUTO-REFERÊNCIA

AUTO-REGULACAO

AUTOBIOGRAFIAS

Autoconceito     USE: CONCEITO DE SI

Autoconfiança     USE: AUTO-ESTIMA

Autoconhecimento     USE: CONCEITO DE SI

AUTOCONTROLO
NE: Capacidade do indivíduo de reprimir o seu próprio comportamento, reacções impulsivas, emoções ou desejos.
UP: Autodisciplina
       Autodomínio
TG: TRAÇOS DA PERSONALIDADE

AUTODIDÁCTICA
NE: Estudo individual podendo ser orientado ou assistido periodicamente por professores.
UP: Auto-aprendizagem
       Auto-educação
       Autoformação
       Auto-instrução
TG: ESTUDO
TA: APRENDIZAGEM PELA DESCOBERTA
      INVESTIGAÇÃO FEITA PELOS ALUNOS
      MÓDULOS DE APRENDIZAGEM
      PROJECTOS DOS ALUNOS
      TRABALHO INDIVIDUAL

Autodisciplina     USE: AUTOCONTROLO

Autodomínio     USE: AUTOCONTROLO

Autoformação     USE: AUTODIDÁCTICA

Autoformação cultural     USE: CULTURA PESSOAL

AUTOGESTAO
TA:EXPERIÊNCIA EDUCATIVA
     ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

AUTOMATIZACAO

AUTOMATISMO
NE: Acto ou movimento realizado sem controlo consciente.

AUTOMATIZAÇÃO
TA: CIBERNÉTICA

Automotivação     USE: MOTIVAÇÃO INTRINSECA

AUTOMOVEIS

AUTONOMIA
TE: AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES

Autonomia (Personalidade)    USE: INDEPENDENCIA (Personalidade)

AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES
NE: Liberdade que a instituição tem de agir sem qualquer controlo externo.
TG: AUTONOMIA
TE: AUTONOMIA ESCOLAR
      AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA

AUTONOMIA ESCOLAR
NE: Novo sistema de direcção e gestão que tem a ver com a descentralização de tomada de decisão e com o reforço da participação da comunidade educativa na vida das escolas.
TG: AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES
TA: ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR
      ADMINISTRAÇÃO CENTRADA NA ESCOLA
      RELAÇÕES ESCOLA-GOVERNO

AUTONOMIA REGIONAL

AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA
TG: AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES
TA: ADMINISTRAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

AUTÓPSIA DE UM MAR DE RUÍNAS

AUTORES PORTUGUESES

AUTORETRATOS

AUTORIA

AUTORIDADE
NE: Forma de controlo baseada no poder atribuído a determinadas posições ou cargos.
TA: LIDERANÇA
      PODER

AUTORITARISMO
NE: Características de personalidade complexas que se exprimem por atitudes sociais antidemocráticas, apego rígido a valores tradicionais, intolerância a pontos de vista opostos.
UP: Dominação
TG: TRAÇOS DA PERSONALIDADE

AUTOSCOPIA

AUTOVIGILANCIA

Auxiliares audiovisuais     USE: MEIOS AUDIOVISUAIS

AUXILIARES DE ACCAO EDUCATIVA

Auxiliares de ensino     USE: MEIOS DE ENSINO

Auxiliares pedagógicos     USE: MEIOS DE ENSINO

Auxiliares visuais     USE: MEIOS VISUAIS

AUXÍLIO UP Apoio

Auxílio à infância     USE: PROGRAMAS PARA A INFÂNCIA

Auxílio à juventude     USE: PROGRAMAS PARA A JUVENTUDE

AUXILIO AO DESENVOLVIMENTO

AUXILIO COMUNITARIO

AUXÍLIO DOMICILIÁRIO

AUXÍLIO EM LINHA

AUXILIO FINANCEIRO
UP: Ajuda financeira
TE: BOLSAS DE ESTUDO
      SUBSÍDIOS

AUXILIO MANUAL

AUXILIO MULTICULTURAL

AVALIAÇÃO
NE: Utilizar, de preferência, um termo mais específico.
TE: AUTO-AVALIAÇÃO
      AUTO-AVALIAÇÃO (Grupos)
      AVALIAÇÃO CONTÍNUA
      AVALIAÇÃO FORMATIVA
      AVALIAÇÃO SUMATIVA
TA: CLASSIFICAÇÃO (Avaliação)
      CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
      MÉTODOS DE AVALIAÇÃO

Avaliação comparativa     USE: ANÁLISE COMPARATIVA

AVALIAÇÃO CONTINUA
TG: AVALIAÇÃO

Avaliação crítica     USE: ANÁLISE CRÍTICA

AVALIAÇÃO DA AUDIÇÃO

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO
NE: Análise da qualidade, valor e da eficácia do processo educativo, tendo em conta os objectivos definidos.
TA: EFICÁCIA DA ESCOLA
     OBJECTIVOS EDUCATIVOS
     PLANEAMENTO DA EDUCAÇÃO
     RESULTADOS DA EDUCAÇÃO

AVALIAÇÃO DA ESCRITA

Avaliação da Leitura USE: DIAGNÓSTICO DA LEITURA

AVALIAÇÃO DA PERSONALIDADE
NE: Avaliação dos padrões e traços que caracterizam um dado temperamento, motivação e/ou comportamento de um indivíduo.
UP: Diagnóstico da personalidade
TE: ESCALA LOCUS DE  CONTROLO DE ROTTER
TA: TESTES DE PERSONALIDADE

AVALIACAO DA QUALIDADE

Avaliação das atitudes     USE: MEDIÇÃO DAS ATITUDES

AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS

AVALIAÇÃO DE CURRÍCULOS
NE: Determinação da eficácia e valor de um dado currículo sob o ponto de vista dos objectivos e conteúdo e das metas específicas a alcançar. Utilizado na área da educação.
UP Avaliação dos Currículos
TA: AVALIAÇÃO SUMATIVA
     DESENVOLVIMENTO DOS CURRICULOS
     QUALIDADE DA EDUCAÇÃO

AVALIAÇÃO DE DEFICIENTES

AVALIACAO DE DESEMPENHO

Avaliação de Estudantes USE: AVALIAÇÃO DOS ALUNOS

AVALIACAO DE INSTALACOES

AVALIACAO DE INSTITUICOES

AVALIACAO DE MANUAIS ESCOLARES

Avaliação de Materiais Didácticos USE: MATERIAIS DIDÁCTICOS + AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO DE NECESSIDADES
NE: Identificação de necessidades e determinação das respectivas prioridades. Utiliza-se em qualquer área.
UP: Determinação de prioridades
TA: PLANEAMENTO

Avaliação de perfis     USE: PERFIS

AVALIAÇÃO DE PESSOAL
TG: GESTÃO DE PESSOAL
TA: SELECÇÃO DE PESSOAL

AVALIACAO DE PROCESSOS EXPERIMENTAIS

AVALIAÇÃO DE PROFESSORES
NE: Avaliação do desempenho dos professores baseada em critérios estabelecidos.
TE: AVALIAÇÃO DE PROFESSORES PELOS ALUNOS
TA: CARACTERÍSTICAS DOS PROFESSORES
      COMPETÊNCIA PEDAGÓGICA
      RELAÇÕES PROFESSOR-ADMINISTRADOR

AVALIAÇÃO DE PROFESSORES PELOS ALUNOS
NE: Participação dos alunos na avaliação da qualidade e da competência dos professores.
TG: AVALIAÇÃO DE PROFESSORES
TA: ATITUDES DOS ALUNOS
      EFICIÊNCIA DOS PROFESSORES
      MELHORIA DO ENSINO
      RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNO

AVALIACAO DE PROGNOSTICO

AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS
NE: Determinação da fiabilidade, eficácia, valor, etc. de um programa em relação aos objectivos, padrões e critérios estabelecidos. Utiliza-se em qualquer âmbito.
TA: PLANEAMENTO DE PROGRAMAS

AVALIACAO DE PROJECTOS

AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO
NE: Identificação objectiva de respostas e das suas variáveis ambientais e orgânicas, com o fim de compreender, analisar ou modificar o comportamento.
UP: Análise do comportamento

Avaliação do processo     USE: AVALIAÇÃO FORMATIVA

Avaliação do produto     USE: AVALIAÇÃO SUMATIVA

Avaliação do rendimento escolar     USE: AVALIAÇÃO DOS ALUNOS

AVALIAÇÃO DO RISCO

AVALIAÇÃO DO TURISMO

AVALIAÇÃO DOS ALUNOS
NE: Avaliação do desempenho, rendimento escolar e comportamento dos alunos.
UP: Avaliação escolar
      Avaliação de Estudantes
      Avaliação do rendimento escolar
TE: AVALIAÇÃO FORMATIVA
       AVALIAÇÃO SUMATIVA
TA: CARACTERÍSTICAS DOS ALUNOS
       COMPORTAMENTO DOS ALUNOS
       DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO
       EXAMES
       RENDIMENTO DOS ALUNOS

Avaliação dos Currículos USE: AVALIAÇÂO DE CURRÍCULOS

Avaliação escolar     USE: AVALIAÇÃO DOS ALUNOS

AVALIAÇÃO FORMATIVA
NE: Centrada no aluno, tem por fim ajudar a descobrir os processos que permitem a progressão da aprendizagem.
UP: Avaliação do processo
TG: AVALIAÇÃO DOS ALUNOS

AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA
UP: Baterias de provas Halstead Reitan
       Despiste neuropsicológico
       Rastreio neuropsicológico
TE: ESCALA DE MEMÓRIA DE WECHSLER

AVALIACAO PROSPECTIVA

Avaliação psicológica       USE: PSICOMETRIA

AVALIAÇÃO SUMATIVA
NE: Centrada nos conhecimentos e competências, destina-se a estabelecer um balanço da soma de aquisições realizadas.
UP: Avaliação do produto
TG: AVALIAÇÃO DOS ALUNOS
TA: AVALIAÇÃO DE CURRÍCULOS

Avanço técnico     USE: PROGRESSO TECNOLÓGICO

AVALIACAO TECNOLOGICA

AVALIACAO VOCACIONAL

AVEIRO

Aventura USE: FILMES DE AVENTURA

AVERSÃO ALIMENTAR
UP: Aversão gustativa

Aversão gustativa     USE: AVERSÃO ALIMENTAR

AVES

AVES AQUATICAS

AVES DE CAPOEIRA

AVES EUROPEIAS

AVES PORTUGUESAS

AVIACAO CIVIL

AVILA

AVOS
TA: FAMILIA (Sociologia)

AYRES, JOAO

AYUTTHAYA (TAILÂNDIA)

AZEVEDO, GUILHERME DE

AZULEJOS

AZULEJOS DECORATIVOS

 

Conteúdos Relacionados

  Icon de Impressão reportar erro nesta página
Informações

 Total: 0 Avisos. (ver todos)

{ Horário

HORÁRIO DO CDI - FÉRIAS

 

SEGUNDA A SEXTA

 DAS 9.00 às 17.30

 

SÁBADO -ENCERRADO

 

NOTA: OS UTILIZADORES DEVERÃO ABANDONAR A SALA DE LEITURA 15 MINUTOS ANTES DO ENCERRAMENTO EFETIVO DA MESMA.

B-ON
  

Escola Superior de Educação de Coimbra © 2008
Mapa do Site | Ficha Técnica |Administração do Site